De segunda a sexta, 8h30 na

teste teste teste
Manchas na pele
Saúde

Manchas na pele

Como prevenir e tratar cada tipo?

Por Sempre Bem

A pele é o maior órgão do corpo humano e é também um dos mais importantes, pois protege o restante do nosso organismo. Por estar em contato direto com o ambiente externo, a pele pode sofrer bastante com fatores que encontra na natureza, como os raios solares, componentes químicos, gases e alguns líquidos. Por isso, a proteção desse órgão é necessária para que todo o corpo funcione da forma correta.

As manchas na pele surgem por razões variadas. Exposição excessiva ao sol, alterações hormonais, outras doenças e até cicatrizes podem deixar marcas permanentes ou não. Abaixo, você confere alguns dos tipos mais comuns de manchas na pele e como tratá-las.

Manchas de sol
As manchas de sol, como o nome diz, são causadas pela ação intensa dos raios solares sobre a pele. As partes mais afetadas são as mais expostas durante o dia, como o rosto, pescoço, braços e mãos. A melhor forma de preveni-las é investir no uso de protetor solar e de roupas que cubram o corpo. Para tratá-las, esfoliar a pele de 2 em 2 semanas é uma alternativa. Outros tratamentos como peeling e laser também são recomendados.

Melasma
O melasma ou mancha da gravidez aparece na mulher durante o período gestacional. Isso ocorre por causa de alterações hormonais do organismo que afetam diretamente os melanócitos, células da epiderme que produzem a melanina. A área comumente afetada é o rosto, com concentração de manchas nas maçãs do rosto e na testa. Pomadas para clareamento ou cremes enriquecidos com vitamina C ajudam a amenizar as manchas, mas o tratamento efetivo só pode ser realizado após a gravidez, com peelings, lasers e uso de ácidos.

Micoses
As manchas abordadas acima se caracterizam por serem escuras ou amarronzadas, já as micoses se destacam por se apresentarem de forma mais clara, quase brancas. Além disso, essas manchas irritam a pele causando bastante coceira. As micoses devem ser tratadas com cremes ou pomadas antifúngicas, prescritas por um médico. Outros produtos, como shampoos e sabonetes específicos para micoses, podem ser utilizados no processo.

Cicatriz de acne
As espinhas representam dor de cabeça, principalmente durante a adolescência. Se não forem tratadas da forma adequada, elas deixam marcas na pele, por vezes, irreversíveis. A maneira mais eficaz de impedir que essas manchas surjam é evitando mexer nas espinhas e cravos. Porém, se você já apresenta algumas, invista em tratamentos antiacne. Os peelings com ácido, o uso de luz pulsada e os cremes para clarear são alternativas depois que você estiver recuperada da acne.

E lembre-se: nunca deixe de procurar um especialista. A ajuda dos dermatologistas e esteticistas é essencial para o diagnóstico correto do seu tipo de mancha e a forma como você irá tratá-la.

Por Sempre Bem

Comentários

Recomendamos

Cantinho da Fê

Fernanda Queiroga mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça