Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Parto normal nota 10
Saúde

Parto normal nota 10

Conheça os exercícios que podem ajudar no parto normal

Por Sempre Bem

Durante a gravidez, a mulher faz mil planos de como será a nova vida com o filho, como será o rostinho do bebê, se ele vai parecer com o pai ou com a mãe, mas, sem dúvida, uma das maiores expectativas da futura mamãe é para a hora do parto. Um momento único e indescritível. E é aí que surge uma grande dúvida: parto normal ou cesárea?

Feita a escolha, é hora de começar os preparativos para o grande momento. Especificamente para o parto normal, no qual a mãe participa ativamente da chegada do seu pequeno, existem várias técnicas e exercícios que podem auxiliar a mulher a tornar esse momento prazeroso e menos doloroso possível. Os exercícios ajudam a fortalecer os membros inferiores e superiores, a musculatura abdominal, melhoram a flexibilidade e preparam a parte cardiorrespiratória.

O ideal é que os exercícios sejam iniciados após a 12ª semana de gestação, para não comprometer o desenvolvimento saudável do bebê, e podem permanecer até o momento do parto. A orientação e o acompanhamento do obstetra nesse momento é fundamental.

Exercícios na bola, em que a mulher fica sentada fazendo movimentos para frente, para trás e para os lados, trabalham a região da pélvis e ajudam o bebê a encaixar com mais facilidade. Massagens na lombar também auxiliam a minimizar as dores na hora do trabalho de parto. Aliás, nessa hora, caminhe um pouco pela casa e, na hora da contração, incline o corpo para frente para aliviar a lombar. Pode até abraçar quem estiver por perto!

Procure não ficar completamente deitada, coloque um encosto para deixar o corpo um pouco mais inclinado (posição supino) para não impedir a passagem do ar. Enquanto isso, peça para o maridão fazer uma massagem na parte inferior das costas e nos pés. De preferência na região do calcanhar, pequenas compressões com a ponta dos dedos ajudam na dilatação, pois essa área corresponde ao meridiano do útero.

Todas essas técnicas e manobras são importantíssimas para que o momento do parto seja mais harmônico e menos dramático, tanto para a mãe como para o bebê. Estudos afirmam que mulheres que praticam alguma atividade durante a gestação chegam a diminuir até 4 horas do trabalho de parto. O parto deve ser ativo, consciente e humanizado, no qual a mulher se sente amada e participa ativamente do nascimento do bebê.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça