Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Dê férias ao sedentarismo
Saúde

Dê férias ao sedentarismo

Sem preguiça!

Por Sempre Bem

Férias é sinônimo de preguiça, certo? Errado! Apesar de ser um período para descansar e se divertir, elas podem ser uma excelente oportunidade para deixar o sedentarismo para trás. E se você souber escolher direitinho, a hora de suar a camisa pode virar um momento muito divertido da sua rotina.

Foi isso que o Sempre Bem mostrou no último domingo. Levamos a funcionária pública Ester Pereira para uma missão: escolher uma atividade que ela gostasse para se divertir durante as férias e que não largasse quando retornasse à rotina de trabalho. “Eu sou muito caseira, gosto de artesanato, e durante as férias não pratico muita atividade. Aproveito esse período para resolver coisas que geralmente não tenho tempo para fazer”, confessa ela.

E para ajudar Ester, e claro, nossas telespectadoras, convocamos a ajuda da educadora física Marta Cignachi: “É preciso unir o objetivo da pessoa com aquilo que ela gosta mais. Tem quem goste mais de atividades ao ar livre, por exemplo, então, para essas pessoas, eu recomendo pedalar, andar de bicicleta, caminhar. O mais importante é que se goste daquele exercício pois aí as chances de abandonar a atividade são menores”.

Para que a mudança de hábito seja permanente, escolha uma atividade que você continue praticando mesmo após as férias acabarem. “É bom não esquecer os horários de trabalho e estudo. Não adianta se matricular num vôlei de praia que é às 10h da manhã se nesse horário você está no emprego. Desse jeito, quando as férias acabarem, a pessoa deixa de praticar o esporte também”, lembra Marta.

Pois é, e quem deixa a preguiça de lado só tem a ganhar. Segundo a educadora, o sedentarismo é uma das principais causas para problemas como diabetes, cardiopatias, e aquele cansaço constante: “Até atividades simples do dia a dia, a pessoa não consegue mais fazer. Uma pessoa sedentária provavelmente terá um tempo de vida menor, além de isso comprometer diretamente o bem estar dela. Essa pessoa precisa praticar algum exercício”, destaca Marta. “Atividade física é saúde”, completa ela.

E sabendo disso, lá foi a Ester procurar a atividade que mais combina com ela. Começamos com uma aula de spinning, atividade que é praticada numa bicicleta ergométrica, e onde são simuladas situações diversas, como subidas e descidas. Além disso, uma música mais animada que a outra faz com que os alunos não percam o pique de jeito nenhum. Nossa guerreira saiu da aula supercansada, mas feliz da vida. “Foi cansativo, mas foi bom, muito bom! Gostei!”

Pois é, mas ainda não havia acabado. Da bicicleta, Ester foi direto para o tatame conhecer o Muay Thai. “Após o primeiro período, essa atividade proporciona uma grande perda de calorias. Além disso, é muito divertida, proporciona sociabilidade e também a questão da defesa pessoal”, explica Marta. Mas depois de alguns golpes, Ester percebeu que precisava de algo mais animado, com mais movimento: “Eu gostei, mas acho que não é o meu perfil”.

E se era animação que ela queria, com certeza teve. Marta levou nossa equipe para uma aula de ritmos e foi aí que todo mundo sacudiu o esqueleto. Até mesmo nossa repórter Juliana Brito não resistiu e entrou na dança.

“Pronto, essa é a atividade física certa pra mim!”, comemora Ester, enquanto sacode ao som do axé music. E nós do Sempre Bem temos certeza que as férias da funcionária pública nunca mais serão as mesmas! E você, está esperando o que para deixar a preguiça de lado e se movimentar? Aproveite suas férias e mexa-se!

Por Sempre Bem

Comentários

Recomendamos

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça