fbpx

Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
alimentos com vitamina b12 alimentos com vitamina b12 Foto: Adobe Stock
Saúde

Benefícios da vitamina B12 para o organismo

Por Sempre Bem

Para o organismo funcionar direitinho, é fundamental ter uma rotina saudável. Tudo o que comemos influi diretamente na nossa qualidade de vida. Por isso, uma dieta rica em vitaminas e minerais é tão importante. Nesse sentido, uma das substâncias que não podem faltar no cardápio é a vitamina B12. 

Ela possui diversas funções no corpo humano, desde a formação de glóbulos vermelhos (também chamados de hemácias) até a reparação de células do sistema nervoso. Portanto, esse nutriente é considerado de fundamental importância para todo o organismo. 

O Sempre Bem conversou com a nutricionista Monalisa Moreira para saber tudo sobre a vitamina B12 e te conta tudo. Acompanhe!

O que é vitamina B12?

Também conhecida como cobalamina, a vitamina B12 é um dos componentes que faz parte do complexo B. A nutricionista Monalisa explica que ela é uma substância hidrossolúvel, ou seja, precisa da água que consumimos durante o dia para ser absorvida corretamente e bem aproveitada pelo organismo.

Para que serve?

“A vitamina B12 pode ajudar no equilíbrio do sistema nervoso e a manter as células vermelhas do sangue em bom funcionamento”, afirma a profissional. Além disso, o nutriente protege e preserva os cromossomos do DNA e ainda auxilia o metabolismo, por isso, é essencial assegurar bons níveis dele na dieta. Confira os principais benefícios: 

Protege o sistema nervoso central

A cobalamina protege o cérebro e os neurônios, pois envolve os nervos, como uma capa protetora, impedindo que fiquem vulneráveis e tenham suas funções comprometidas. Sem ela, é possível que ocorra um quadro de desmielinização, a destruição gradual da mielina. 

Reduz os danos da ansiedade e depressão

Segundo pesquisa publicada no The American Journal of Psychiatry, boas concentrações de vitamina B12 diminuem as chances de desenvolver depressão. Isso ocorre em virtude do papel que ela desempenha na função cerebral e na proteção da mielina.

Leia também o artigo (Rede de apoio é essencial para superar a depressão)

Preserva e repara o DNA

molécula de dna

Um benefício importante da vitamina B12 é a capacidade de formar e reparar células. Assim, ela atua na formação do DNA ao longo da divisão celular, evitando mutações indesejadas, principalmente as que atingem os glóbulos vermelhos. O nutriente também protege os cromossomos, diminuindo a possibilidade de danos no código genético. 

Previne as anemias perniciosa e megaloblástica

Como protege os glóbulos vermelhos, a vitamina B12 é essencial para prevenir diferentes tipos de anemia, como a perniciosa (causada pela deficiência de cobalamina) e a megaloblástica (quando as hemácias ficam muito grandes).

É benéfica para idosos

Os idosos também sentem os benefícios da cobalamina, pois, além de ser essencial para a manutenção do sistema nervoso, um estudo realizado na Universidade de Oxford, Inglaterra, afirmou que ela reduz o encolhimento cerebral quando tomada em associação à vitamina B6 e ácido fólico. 

Deficiência de vitamina B12

Monalisa lembra que a falta de B12 pode causar lesões irreversíveis no sistema nervoso, como algumas neuropatias, anemias, risco de depressão, alterações na imunidade, baixa massa muscular, entre outros problemas. Além disso, a digestão também sente os efeitos da privação dessa substância, alternando entre quadros de constipação e diarreia. 

O que causa

A ausência de cobalamina pode ocorrer devido a uma dieta pobre em alimentos com essa vitamina ou pela má absorção dela pelo corpo. Há ainda grupos de pessoas que costumam ser mais suscetíveis à falta da substância, como vegetarianos, veganos e idosos: os primeiros, porque as fontes dessa vitamina são principalmente de origem animal; já os idosos por causa da menor acidez no estômago, que prejudica o sistema digestivo.

Veja a reportagem (A Boa Digestão e a Beleza do Corpo)

Principais sintomas

  • Fadiga, fraqueza e falta de energia
  • Icterícia (pele amarelada)
  • Diarreia e constipação
  • Memória fraca e raciocínio lento
  • Falta de concentração 
  • Inflamações na língua 

Leia também (Como prevenir problemas de memória com atitudes simples)

Onde encontrar?

É possível encontrar a vitamina B12 em alimentos e suplementos, mas é importante a orientação de um nutricionista ou nutrólogo para avaliar a necessidade de cada pessoa.

Alimentos

Os alimentos de origem animal, principalmente fígado, carne vermelha, leite e derivados, ovos e peixes como salmão e atum, são fontes de vitamina B12. A quantidade diária recomendada é 1 mcg, o que equivale a 100 g de carne, frango ou peixe. 

A especialista ressalta a importância de acompanhamento regular, uma vez que essa porção “varia de pessoa para pessoa, dependendo da necessidade. Não existe uma dosagem específica igual para todos”, reforça.

Suplementos

A suplementação de vitaminas é uma forma de suprir alguma carência nutricional, e o nutricionista é o profissional mais indicado para avaliar esse quadro. A dosagem recomendada (FAO/OMS) fica em torno de 2.4 mcg, mas depende da necessidade de cada indivíduo. No caso da cobalamina, a deficiência pode ser observada a partir de exame de sangue. 

No entanto, também há pessoas que precisam do suplemento desse nutriente, independente de realizar ou não exame. “No caso de pacientes com alterações no intestino delgado e estômago, que passaram por cirurgia bariátrica ou na gastrectomia, é necessário suplementar de forma contínua. E alguns casos de doenças autoimunes também deve haver essa completação ”, esclarece Monalisa.

Confira o artigo (Amigas da beleza: as melhores vitaminas para pele e cabelos)

#Dica da Nutri para veganos

Como alimentos de origem vegetal não possuem grandes quantidades de vitamina B12, vegetarianos e veganos podem sofrer com a privação dela. Mas nem tudo está perdido! A Monalisa deixou dicas com alternativas para esse público ficar com a cobalamina em dia.

“Os veganos podem consumir alimentos ricos em vitamina B12 a partir de produtos à base de soja, extrato de levedura, tofu, entre outros. Claro, que é necessário um acompanhamento nutricional, pois eles precisam da suplementação para chegar aos níveis exatos. Geralmente, a quantidade ideal para eles é 3 mcg ao dia.

Espero ter contribuído para o esclarecimento do assunto, foi um prazer estar nesta matéria e até a próxima. Um abraço!”

Sempre que precisar, pode contar com as farmácias Pague Menos para você viver plenamente. Conheça a linha de vitaminas e minerais e compre sem sair de casa. 

Conteúdos relacionados

Fonte:

monalisa moreira nutricionista

Monalisa Moreira

Nutricionista especialista em Clínica Funcional e palestrante - CRN/CE 16732 | Instagram: @monalisa_moreiranutri

Referências: Mundo Boa Forma | Ocean Drop | Vegan Society International | International Life Sciences Institute Brasil |  J.Bras. Patol... | Artigo de revisão de neurociências

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça