fbpx

Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
homem senior com dor de cabeça homem senior com dor de cabeça Foto: Adobe Stock
Saúde

Dor de cabeça... Ninguém merece!

Por Sempre Bem

As dores de cabeça se constituem no segundo agravo de saúde mais comum da humanidade, perdendo apenas para cárie dentária. Ela é a nona causa de procura por consultórios médicos e a quarta causa de busca por serviços de emergência. A Sociedade Brasileira de Cefaleia estima que 95% da população sentirá uma dor de cabeça ao longo de sua vida. 

De acordo com a Sociedade Internacional de Cefaleia, existem mais de 200 tipos de dores de cabeça. Elas afetam as pessoas em qualquer idade, mas são mais comuns em mulheres e na fase mais produtiva da vida, entre os vinte e quarenta anos de idade.

DOR DE CABEÇA É SEMPRE UM SINAL DE ALERTA. NUNCA É NORMAL SENTIR DOR!


Alguns tipos de cefaleia

1. Enxaqueca

É a dor de cabeça que mais leva as pessoas ao médico. Costuma se manifestar por dor moderada a forte, latejante, de um lado só da cabeça (se doer dos dois lados, é pior em um deles) e que piora com esforços físicos. Frequentemente pode provocar enjoos (náuseas) e intolerância à luz e barulho.

2. Cefaleia tensional

Essa cefaleia é o tipo mais comum. Apesar do nome, ela não tem relação com estresse ou tensões emocionais. Pode surgir e durar de minutos a uma semana. 

A dor é tipicamente leve a moderada e bilateral, em pressão ou aperto. Ao contrário da enxaqueca, não piora com esforços físicos e não pode causar náuseas, embora alguma intolerância à luz e ao barulho possa acontecer.

3. Cefaleia causada por problemas oculares

É secundária a erros de refração como hipermetropia, astigmatismo ou miopia, ou seja, é causada por problemas de vista. Geralmente se apresenta após esforços visuais prolongados. É mais comum no final da tarde e desaparece com a correção do erro de refração.

4. Cefaleia causada por sinusite

Mais comum nas sinusites agudas do que nas crônicas, podem ocorrer durante uma crise da doença. Há evidente relação entre a dor de cabeça e os outros sintomas da sinusite diagnosticada com exames de RX. A dor desaparece com o tratamento da sinusite.

SUAS CRISES DE ENXAQUECA ESTÃO COM OS DIAS CONTADOS!

Uma em cada sete pessoas sofre com enxaqueca no mundo. Pelo menos um bilhão de pessoas têm a doença, uma das principais causas de incapacidade.

SÓ NO BRASIL, SÃO 25 MILHÕES DE PESSOAS COM O PROBLEMA.

 (Fonte: Sociedade Brasileira de Cefaleia)

Seu mal é a enxaqueca? Novo remédio atua especificamente bloqueando essa dor

Com poucos efeitos colaterais, as injeções subcutâneas mensais são a novidade e prometem reduzir as crises e melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. “São os primeiros medicamentos desenhados exclusivamente para o tratamento preventivo da enxaqueca. Esse remédio atua bloqueando uma das principais substâncias envolvidas no processo que causa a enxaqueca, o CGRP”, explica o neurologista João José Carvalho, de Fortaleza. 

A expectativa é ainda maior porque, até o momento, os tratamentos existentes não são específicos só para o tratamento da enxaqueca.

Não ignore a sua dor! 

A dor de cabeça pode significar uma doença grave. Elas se dividem em primárias, que não dependem de outra doença ou fator para acontecer: elas são a própria doença; e em cefaleias secundárias: “como o próprio nome sugere, são a manifestação de outras doenças, como sinusite aguda, meningite, aneurisma etc.”, destaca João José Carvalho.

O especialista também alerta para um comportamento muito comum: "as pessoas tentam explicar suas dores com acontecimentos que as antecedem ou acompanham, quando na verdade o que elas têm, na grande maioria dos casos, é uma cefaleia primária, cujas crises não decorrem de comportamentos, alimentos ou outra doença e sim de uma desregulação envolvendo diversos mecanismos cerebrais, como é o caso da enxaqueca", destaca.

A ENXAQUECA É O TIPO DE DOR DE CABEÇA QUE MAIS AFETA A VIDA DAS PESSOAS. É A SEGUNDA CONDIÇÃO MÉDICA MAIS COMUM DO MUNDO.

 

Quando procurar o médico?

Se você apresenta 3 ou mais dores de cabeça por mês, há mais de 3 meses, procure um médico, de preferência um neurologista, pois você precisa de tratamento. 

2º Encontro de Sofredores de Dor de Cabeça

A Pague Menos, em parceria com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, realiza o 2º Encontro de Sofredores de Dor de Cabeça, trazendo mais informação a todos os brasileiros que convivem com este incômodo. 

Médicos recém-chegados do Congresso Brasileiro de Cefaleia vão comparecer ao evento para compartilhar todas as novidades médicas e falar sobre a tecnologia dos novos tratamentos contra a cefaleia, em uma linguagem simples e dinâmica.

O evento é gratuito e acontecerá no centro de eventos PRO MAGNO, em São Paulo, no dia 26 de outubro, das 8h às 14h. Inscreva-se já para garantir o seu lugar. As vagas são limitadas!

Conteúdos relacionados

Este artigo encontra-se originalmente publicado na edição 34 da revista Pague Menos Sempre Bem, que tem o Bráulio Bessa na capa.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça