fbpx

Aos domingos, 8h15 no

Por Sempre Bem

Superando a Enxaqueca: tratamento melhora qualidade de vida

Segundo a OMS, a enxaqueca é a 6ª doença mais incapacitante do Brasil. É uma doença biológica, genética e hereditária, e se manifesta por uma série de sintomas, dentre eles a dor de cabeça. Quer saber mais? Então assiste aí. 

Enxaqueca

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a enxaqueca é a sexta doença mais incapacitante do Brasil, atingindo cerca de 15% da nossa população. São nada menos que 31 milhões de indivíduos afetados.

O Sempre Bem conversou com o neurologista João José Carvalho, que é especialista no assunto. Confere aí!

Sintomas 

“A enxaqueca é uma doença biológica, genética e hereditária. Manifesta-se por sintomas, como a dor de cabeça, que dói mais de um lado da cabeça que o outro; que lateja e pulsa; dor de moderada a forte; quando instalada, piora com atividades físicas. A pessoa pode ter enjoos e até vomitar, além de ter intolerância à luz e ao barulho”, explica o neurologista João José Carvalho.

Muitas pessoas explicam o surgimento da dor devido ao estresse que estão vivenciando e por questões hormonais, por exemplo, as mulheres associam ao ciclo menstrual. Também é relacionada por determinadas comidas e bebidas. “A maioria desses fatores deflagradores não são a causa da dor de cabeça”, afirma o neurologista.

De acordo com João José Carvalho, também é comum, antes de sentirem a dor propriamente dita, os indivíduos começarem a ter bocejos, urinarem muito, irem muitas vezes ao banheiro, terem sede e avidez por doces e ficarem irritados.

Tratamento

Segundo a campanha da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe), se a pessoa tem três ou mais dores de cabeça por mês, há mais de três meses, é preciso iniciar o tratamento. O ideal é procurar um médico, de preferência um especialista.

Felizmente a enxaqueca tem tratamento. “Estão sendo lançados os primeiros remédios especialmente para o tratamento da enxaqueca. É uma nova classe medicamentos, que são os anticorpos monoclonais, com uma comodidade de posologia, porque é uma injeção subcutânea por mês. Eles têm poucos efeitos colaterais”, conta João José Carvalho.

Com o tratamento, é possível ter mais qualidade de vida, pois ele ajuda a diminuir em até 90% as crises de enxaqueca. 

Congresso Brasileiro de Cefaleia

“Todos os anos, nós temos o Congresso Brasileiro de Cefaleia. Este ano, vai ser em São Paulo. Então, é como se a SBC desse para a população do município, que está sediando o evento, uma satisfação do que está acontecendo, quais são os últimos avanços e palavras, as terapêuticas que estão surgindo, formas de abordar, até a questão educativa de como conviver com as dores de cabeça”, finaliza o especialista.

Assuntos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 15 de setembro de 2019.