fbpx

Aos domingos, 8h15 no

Por Sempre Bem

Manchas Na Pele: Causas E Tratamentos

Muitas vezes, existem umas manchinhas que incomodam e a gente faz de tudo para disfarçar. Mas a boa notícia é que isso tem tratamento.

Manchas na pele causadas pelo sol

O sol é um dos grandes vilões para causar manchas na pele. Para a dermatologista Kaline Ferraz, quando se fala em mancha, não pode se esquecer do sol. Ele tem seus benefícios sobre o organismo e saúde, mas é um grande vilão das manchas.

Veja a reportagem (Pele Saudável É Pele Limpa)

Quais são os causadores que mais geram manchas na pele?

Isso vai depender de cada mancha. Existem aquelas que têm relação com questões genéticas, quando se nasce com predisposição a desenvolvê-las, assim como há fatores que influenciam no seu aparecimento e agravamento. 

“Sol, luzes artificiais, hormônios e alimentação são alguns fatores que, dependendo de cada tipo, pode influenciar no surgimento das manchas”, exemplifica a dermatologista.

Leia também (Pele com acne: cuidados essenciais para saúde e beleza)

Segundo a digital influencer Mirella Vieira, o que mais a incomoda é o melasma, que tem o tom mais escuro ou amarronzado. Quanto mais sol a pessoa toma, mais ele aparece e realça. 

Tratamento do melasma

O filtro solar é o principal tratamento do melasma. “Existem tipos específicos para isso e o paciente precisa reaplicar, e não aplicar apenas uma vez. Saindo do âmbito de casa, filtro solar, cremes clareadores, vitamina C e cremes à base dessa vitamina, ajudam no tratamento do melasma”, ressalta a especialista.

Saiba mais em (Melasma: manchas não têm cura, mas têm tratamento)

Os tratamentos feitos em clínicas, como peeling, principalmente o químico que usa ácido; microagulhamento que já foi comprovado seu benefício com relação ao melasma; além dos lasers específicos para esse problema, podem ajudar a ter um resultado ainda maior.

Laser

Mirella Vieira revela que faz sessão de laser uma vez por semana, conseguindo um bom resultado. Ela vai mudando a periodicidade à medida que vê melhorias na pele. Esse procedimento ajudou a dar firmeza à pele e fechar os poros, sem contar que não serve só para pessoas que têm manchas.

Complementando a ideia, Kaline Ferraz explica que o laser melhora textura, poros e viço da pele. Ou seja, as pessoas que procuram tratar o melasma querem outros benefícios e não só clareamento. “Os lasers estão vindo com a finalidade de tentar clarear e melhorar a pele de uma forma geral”, cita.

Importância do protetor solar

É importante falar que o tratamento do melasma não deve ser feito apenas em clínica, pois precisa estar em conjunto com os cuidados realizados em casa, colocando protetor solar sempre.

Veja a matéria (Vem Verão! Tudo Sobre Bronzeamento)

“Quando a gente tem a mancha é preciso aceitá-la, porque o melasma não tem cura. O protetor solar com cor protege mais, ou seja, quanto mais a pessoa cobrir a mancha, mais protegida estará”, compartilha a digital influencer.

É comum as pessoas procurarem tratamento, mas não estarem dispostas a abdicar do sol. Com isso, o ideal é ter disciplina, dedicação e compromisso em relação ao tratamento.

#Dica da dermatologista

Apesar de ter melasma, a pessoa não precisa deixar de ir à praia. “É preciso pensar na vida social do paciente. A orientação é que o uso de determinados ácidos ou cremes clareadores seja evitado pelo menos três dias antes daquela exposição maior”, ressalta a especialista.

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 21 de abril de 2019.