fbpx

Aos domingos, 8h15 no

Por Sempre Bem

Diferenças entre o resfriado e a alergia

No programa de hoje, a gente já falou o que diferencia a gripe e do resfriado. Mas você sabe dizer o que difere o resfriado de uma alergia? É o que a gente vai saber agora com a Paula Albuquerque, que alergologista.

Rinite alérgica x Resfriado

É muito comum as pessoas confundirem os sintomas de uma rinite alérgica e de um resfriado. “Na verdade, ambos são rinites porque são informações nasais, mas a alergia é decorrente de um alérgeno e a rinite infecciosa (o resfriado) é decorrente de um infecção viral”, comenta a alergologista.

Leia o artigo (Doenças e chuvas: período chuvoso é tempo de alerta)

Então, a inflamação ocorre no nariz e os sintomas são parecidos, mas a causa é diferente é por isso a confusão.

Sintomas do resfriado e da gripe

Segundo a especialista, o resfriado vai ter mais sintomas de inflamação, coriza e congestão; enquanto a alergia tem muito sintoma irritativo, principalmente coceiras, espirros e não tem relação com a questão infecciosa, pois às vezes o paciente com um quadro infeccioso fica mais prostrado, mole e incomodado.

Leia mais (Aprenda a se prevenir de gripes e resfriados)

A rinite é uma doença crônica como a maioria das alergias. Nesse caso, o paciente tem influências do ambiente, principalmente mudanças climáticas ou um ambiente um pouco mais sujo, empoeirado e com mofo. Todas as vezes que a pessoa se expuser a esse tipo de ambiente vai apresentar sintomas.

Como diferenciar resfriado e gripe em crianças

A criança resfriada costuma ficar mais irritada e ter outras crianças ou adultos resfriados por perto. Já a criança alérgica está mais incomodada com espirros e nariz escorrendo, mas ela está brincando e está feliz.

É comum as crianças terem vários resfriados ao ano?

“Uma criança pode ter até 12 resfriados ao ano (1 por mês), porque ela tem um ambiente cheio de outras crianças, com muitos vírus circulando, principalmente em ambientes fechados, como as creches”, destaca Paula Albuquerque.

Saiba mais em (Impactos da gripe em crianças e idosos)

Prevenção

Existem maneiras para conseguir se prevenir e evitar os resfriados e alergias por meio de tratamentos medicamentosos e vacinas, que ajudam a tratar e resolver os sintomas de curto, médio e longo prazo. 

A rinite, assim como as doenças alérgicas de uma maneira geral, não tem cura. Existem algumas alergias que têm cura, mas a rinite não. Contudo, há um tratamento para essa doença que proporciona a ausência de sintomas e controle por médio prazo, cerca de sete a oito anos. Assim, a pessoa fica livre de doença por meio da imunoterapia.

Quando procurar um médico?

Para a alergologista, sempre que a pessoa tiver uma morbidade, ou seja, quando aquela doença atrapalhar a qualidade de vida, é importante procurar o médico. 

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 14 de abril de 2019.