fbpx

Aos domingos, 8h15 no

Por Sempre Bem

Principais causas de dores nas pernas

Cuidar dos membros inferiores é mais do que uma questão de estética. A saúde das pernas é muito importante para o funcionamento de todo o corpo, por ser uma região fundamental na circulação sanguínea e na sustentação também. 

Muita gente já deve ter experimentado algum tipo de dor nas pernas. Mas você sabe o que causou? Vamos falar agora sobre isso com Jovita Veras que é cirurgiã vascular. 

Quais são os principais tipos de dores nas pernas?

De acordo com a especialista, existem vários tipos de dor na perna, sendo os principais: 

  • dor de origem muscular após a realização da atividade física;
  • dor devido à queda ou pancada no local;
  • dor de origem articular (quadril, joelho, tornozelo, calcanhar e dedos do pé) devido ao desgaste da articulação pelo uso e também pela idade;
  • dor neurológica que surge em pacientes com algum desgaste da coluna ou hérnia de disco;
  • dor devido a problemas circulatórios.

Leia o artigo (Dor nas articulações. Quem nunca!?)

Como diferenciar cada tipo de dor

A dor muscular é uma dor localizada e constante que piora com a movimentação e a compressão no local. Enquanto a dor articular piora com a movimentação, além de ser localizada nas articulações do quadril joelho e tornozelo. 

A dor neurológica geralmente começa na região lombar e vai descendo para a perna, na região posterior da coxa, podendo chegar no pé. Essa dor pode vir associada a uma sensação de formigamento.

A dor devido a problemas circulatórios é dividida em problemas arteriais e problemas venosos. “O problema arterial é causado por uma obstrução dos vasos, podendo ocasionar dor ao caminhar. Acontece em pacientes diabéticos, hipertensos, obesos, sedentários e tabagistas”, conta Jovita. Já a causa mais comum de dor nas pernas nos problemas venosos são as varizes.

Saiba mais sobre dor em (Por que sentimos dor?)

O que são as varizes?

“As varizes são veias que se tornaram dilatadas, tortuosas e que não fazem mais sua função que é o retorno do sangue”, explica a profissional. 

Mulheres têm mais varizes

É muito mais comum as varizes aparecem em mulheres, principalmente, pelo fator hormonal (no caso, o feminino) que predispõe ao enfraquecimento da parede da veia, fazendo com que ela se dilate mais facilmente. 

Prevenção

Para se prevenir das varizes, o ideal é evitar ficar muito tempo em pé ou sentado. “Durante uma viagem em que a pessoa vai ficar muito tempo sentada ou pessoas que trabalham nessa posição por muito tempo, a dica é usar meias de compressão”, sinaliza Jovita Veras. Procure levantar e dar uma caminhada para ativar a circulação e favorecer o retorno venoso. 

Aĺém disso, fazer atividade física e evitar a obesidade são outras dicas importantes para prevenir o surgimento das varizes.

Confira também a matéria (Exercícios Para Turbinar As Pernas E O Bumbum)

Tromboflebite

Conforme a cirurgiã vascular, trata-se de uma complicação das varizes, ou seja, o entupimento de uma variz por um coágulo, causando uma dor localizada naquela região. 

Esse problema é diferente da trombose venosa profunda aguda, que é o entupimento de veias profundas da pele. “Parte do coágulo dessas veias profundas pode se deslocar e chegar a entupir as veias do pulmão, ocasionando uma falta de ar intensa e podendo levar à morte”, ressalta a especialista.

Uma simples dor nas pernas pode ser uma coisa grave

Se a pessoa sentir uma dor súbita em uma das pernas, é importante procurar um atendimento médico (emergência ou um cirurgião vascular) para fazer um exame de diagnóstico, normalmente, é um ultrassom da perna. Por meio disso, será feito o diagnóstico precoce o mais rápido possível e iniciado o tratamento. 

Muito cuidado com as dores nas pernas. Afinal de contas, elas nos levam para todos os lugares. 

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 24 de fevereiro de 2019.