fbpx

Aos domingos, 8h15 no

Por Sempre Bem

Saúde das pernas e pés no carnaval

Por falar em carnaval, é justamente nessa época que a gente usa e abusa das pernas. O Sempre Bem foi descobrir quais cuidados que devemos ter durante a folia.

Ninguém resiste à energia dessa festa. Carnaval é tempo de pular, dançar e passar horas em pé durante quatro dias. Por isso, que as pernas e o pés merecem atenção redobrada. Um dos cuidados principais deve ser durante a escolha dos calçados. 

Como escolher o calçado adequado para o carnaval

De acordo com dermatologista Lívia Facundo, antes de curtir a folia, o ideal é escolher um sapato confortável. Se optar por um sapato fechado, priorize o tênis com o tamanho adequado (nem grande demais nem apertado demais) para evitar o surgimento dos calos e das bolhas.

Para quem gosta de salto alto, saiba que esse tipo de calçado vai mexer com toda a estrutura do pé, tornozelo, joelho, quadril e especialmente a lordose da coluna (curvatura fisiológica da coluna). “Vai alterar toda forma de pisada, o jeito de caminhar e de dançar. Isso pode ser bom por um lado, que pode ficar mais bonito, mas por outro lado pode causar dores e desconforto”, explica Marcus Strozberg, médico do esporte.

Veja também (Qual é o formato do seu pé?)

Cuidados com as unhas dos pés

Pelo visto, é melhor deixar o salto alto para as passistas profissionais. Mas as unhas também merecem atenção redobrada, afinal de contas, uma simples unha encravada e inflamada pode sim acabar com a diversão.

Confira o artigo (Saúde e Beleza das Unhas: cuidados que fazem a diferença!)

O corte das unhas é fundamental. “Evite cortar as unhas muito curtas, o corte deve ser reto e evite cortar os cantos laterais das unhas. Em caso de remoção da cutícula, procure remover pouco e não excessivamente”, ressalta a dermatologista.

Se torcer o pé durante o carnaval, é preciso voltar para a casa mais cedo?

Conforme o médico do esporte, caso aconteça uma entorse na folia, é importante que a pessoa trate, aplicando gelo no local imediatamente após a lesão. Se houver o prolongamento da dor, o ideal é procurar um médico, pois isso pode apresentar uma lesão mais grave.

As bolhas nos pés podem ser estouradas?

“Essas bolhas não devem ser estouradas, caso contrário, podem causar infecções na pele. A derme que recobre a bolha tem uma função protetora, funcionando como um curativo biológico, que vai auxiliar na cicatrização”, responde Lívia Facundo.

Como diminuir o inchaço

E outro sintoma bem comum é o inchaço nas pernas e nos pés, que podem ser amenizados com medidas bem simples. Confira!

  • A ingestão hídrica é fundamental para evitar inchaços e para o bom funcionamento do organismo como um todo;
  • Dormir com as pernas elevadas é fundamental. Isso pode ser feito colocando um travesseiro ou manta embaixo dos pés, fazendo com que eles fiquem um pouco mais altos do que o tórax e o coração.

Dicas para cuidar das pernas e dos pés depois da folia

Para a dermatologista, após a folia é muito importante fazer uma higienização adequada dos pés, utilizando sabonete, toalha limpa para secá-los, enxugar entre os dedos para retirar a umidade, hidratantes à base de ureia, que deixa a pele mais resistente e menos propícia ao surgimento das rachaduras.

Outra dica é “estar bem preparado fisicamente para esse momento de carnaval, onde a pessoa vai caminhar mais, fazer mais exercício físico e dançar”, pontua Marcus Strozberg. Se o indivíduo fizer esse preparo para enfrentar esses dias, vai chegar ao final do carnaval tendo aproveitado, curtindo e divertido mais.

Informação nunca é demais. E agora que a gente já sabe de tudo, é só curtir o carnaval com muito samba no pé. 

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 24 de fevereiro de 2019.