Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Casamento Real
Comportamento

Casamento Real

Tradições e moda na cerimônia

Por Sempre Bem

Aconteceu neste sábado (19) a cerimônia mais esperada do ano de 2018. O casamento do Príncipe Harry com Meghan Markle, realizado na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor em Londres. A celebração é importante por se tratar de um casamento com proporções gigantescas, com muito glamour e um marco no rompimento de antigas tradições inglesas.

Meghan Markle é, aos olhos da nobreza, uma plebeia. Além disso, é americana, ex-atriz e tem descendência africana e latina. A quebra do protocolo no casamento real é apenas um reflexo das mudanças que aconteceram ao longo do tempo com uma das cerimônias mais tradicionais da sociedade.

A quebra de protocolos não parou por aí, visto que Meghan optou por fazer metade de sua caminhada na capela sozinha, sem a companhia de uma figura do sexo masculino, como manda o protocolo. Além disso, juntamente com Harry, organizou a cerimônia para que ela contasse com a presença de um bispo e coral completamente negros, algo antes nunca visto em um casamento da realeza.

Muitos esperavam que a atriz também fosse inovar na escolha do vestido. Tradicionalmente, as noivas escolhem uma produção de alguém britânico e especialistas achavam que Meghan iria dar preferência a alguém americano. No entanto, ela optou por um modelo desenhado por Clare Waight Keller, uma estilista inglesa. O vestido tinha um corte simples e minimalista, sem bordados ou rendas. Além disso, era acompanhado por uma longa cauda e um véu que cobria a cabeça da noiva. No véu foram bordados diferentes tipos de flores, cada um representando a fauna dos 53 estados da Commonwealth, região composta pelas nações que constituem o Império Britânico.

Quanto ao seu cabelo, especialistas indicaram que ela iria usa-lo da mesma forma que a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, fez em seu casamento metade solto e metade preso, com ondas suaves e românticas. Contudo, Meghan preferiu casar com os cabelos presos em um coque, como é de costume entre as noivas da família real inglesa. Para adornar a cabeça, ela usou a tiara da Rainha Mary, avó de Elizabeth II. O adereço fabricado em 1932 conta com um diamante de mais de mil anos de idade.

E quanto às outras convidadas do casamento real? Como o casamento ocorreu pela manhã, elas puderam usar cores festivas e alegres em suas roupas, como amarelo, rosa e tons de azul. Além disso, é raro que as mulheres convidadas vistam vestidos longos, por isso, muitas optaram por modelos que iam até os joelhos. A única regra ficou para os cabelos: em cerimônias reais, as mulheres devem, por questões de etiqueta, usar chapéus ou adornos como os fascinators, um tipo diferente de chapéu com armações de tecido, plumas e até pedrarias.

Confira os melhores looks


Amal e George Clooney


Victoria e David Beckham


Jacinda Barrett e Gabriel Macht


Abigal Spencer e Priyanka Chopra


Pippa Midleton e James Matthews

Sendo agora a Duquesa de Sussex, Meghan Markle encantou todos com a inovação que trouxe ao casamento real e com a energia acolhedora que levou para a população britânica, bem diferente da família que ela agora pertence. Nós do Sempre Bem desejamos felicitações ao casal.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça