Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Dia Internacional da Mulher
Comportamento

Dia Internacional da Mulher

Você sabe qual é a história por trás dessa data tão importante?

Por Sempre Bem

Hoje é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Ao redor do mundo, essa data simboliza as lutas e avanços realizados por mulheres até os dias de hoje, assim como as conquistas que estão por vir em contextos sociais, políticos e econômicos. Mas você sabe qual a história por trás desse dia?

História
Segundo historiadores e pesquisadores, as origens da data são várias e mais antigas do que a maioria das pessoas imagina. As primeiras datas criadas para celebrar as mulheres surgiram no início do século 20, frutos de movimentos feministas que despontaram no final do século anterior. Nessa época, as péssimas condições de trabalho, caracterizadas por longas jornadas e péssimos salários, levaram diversas mulheres a fazer greves reivindicando direitos trabalhistas.

Em maio de 1908 foi celebrado o primeiro Dia Nacional da Mulher, nos Estados Unidos. Na ocasião, cerca de 1500 mulheres marcharam pelas ruas do país, pedindo por melhorias econômicas e políticas. Um ano depois, o Partido Socialista dos EUA comemorou a data em 28 de fevereiro. Entre esse dia e novembro do mesmo ano, diversos protestos e greves surgiram pelo país, levando mais de 500 fábricas a fecharem.

No ano seguinte, em 1910, a II Conferência Internacional das Mulheres Socialistas propôs uma data em que as lutas das mulheres fossem celebradas internacionalmente, no entanto, nenhum dia específico foi escolhido. Anos depois, em 1917, algo histórico aconteceu: em 8 de março, diversas trabalhadoras russas saíram às ruas exigindo melhores condições de trabalho. As manifestações foram duramente reprimidas e marcaram o início da Revolução Russa de 1917. A data passou então a ser conhecida como o Dia Internacional da Mulher, sendo oficializada de tal forma em 1921. Após a autenticação da data, movimentos em prol dos direitos das mulheres continuaram a acontecer pelo mundo todo. A Revolução Feminista, que ocorreu entre as décadas de 1960 e 1970, é um dos maiores exemplos. Seus efeitos ecoam até hoje em diversas práticas do cotidiano, como o direito ao voto, a naturalização do divórcio e o livre-arbítrio para vestir o que quiser.

No Brasil
Por aqui existe o Dia Nacional da Mulher, comemorado em 30 de abril. A data é uma homenagem ao dia em que Jerônima Mesquita nasceu, um dos principais expoentes das lutas feministas no Brasil. Ela participou de movimentos que reivindicaram a liberdade e o empoderamento feminino e criou diversas fundações que davam suporte e assistência social para as mulheres. O direito ao voto foi conquistado em 1932 e, a partir dessa época, as mulheres puderam também se candidatar a cargos no executivo e legislativo. Em 1985, a primeira Delegacia da Mulher foi criada e o debate acerca da violência contra a mulher ganhou força e atenção. Em 2006, a Lei Maria da Penha foi instituída com o intuito de proibir e punir a violência doméstica.

Atualmente
Entretanto, ainda existem muitas mudanças a serem realizas nos ambientes de trabalho. Muitas mulheres exercem cargos tão importantes ou até superiores aos de seus colegas homens, porém, recebem salários menores. O assédio também é uma questão importante e que está sendo debatida com cada vez mais eficácia. O Dia Internacional da Mulher funciona hoje como uma lembrança das lutas e vitórias antes superadas e das garantias que ainda devem ser almejadas. Com força e união, muitas mulheres ainda podem superar o preconceito e conseguir espaço na política, nas finanças e na sociedade.

O Sempre Bem deseja um feliz Dia Internacional das Mulheres para todas as guerreiras que não descansam e superam vários limites no cotidiano.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça