De segunda a sexta, 10h na

teste teste teste
Setembro Amarelo
Comportamento

Setembro Amarelo

Um movimento criado para prevenir o suicídio

Por Sempre Bem

Em 2015, o mês de setembro ganhou uma cor. A Associação Internacional de Prevenção do Suicídio criou a campanha Setembro Amarelo para simbolizar um movimento de conscientização contra o suicídio, um tema muito frequente, porém pouco discutido. A ideia é iluminar ou sinalizar locais públicos com faixas ou símbolos amarelos.

Assim como os meses de outubro e novembro ganharam as cores rosa e azul, respectivamente, com o objetivo de alertar a população sobre temas importantes, o Setembro Amarelo nasceu para mostrar a realidade sobre o suicídio e tentar reduzir os números, já que para mais de 90% dos casos existe prevenção. É na verdade um grito pela vida!


O dia 10 de setembro foi escolhido como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio e a ideia é discutir o assunto e divulgar ações preventivas. Ainda que pareça estranho falar sobre este assunto, é preciso abrir espaço para campanhas e reverter essa estatística que acumula números alarmantes. Afinal, não é difícil encontrar pessoas (familiares, amigos, vizinhos) que já tentaram cometer suicídio.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo. No Brasil, são aproximadamente 12 mil casos por ano, o que dá uma média de 32 suicídios por dia. A meta da OMS é diminuir em 10% a taxa mundial até 2020.



É importante conhecer os sintomas das psicopatologias associadas ao suicídio (depressão, transtornos relacionados ao uso de substâncias, esquizofrenia, transtornos de personalidade) e acompanhar eventuais mudanças de comportamento que indiquem a tendência ao isolamento social, desinteresse generalizado, angústia e aflição, baixo rendimento escolar ou produtividade. Esses podem ser sinais de que algo não está bem e eles não devem ser ignorados.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública.


  • A cada suicídio, de 6 a 10 outras pessoas são diretamente impactadas.
  • O suicídio é a 2ª causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos. E a 15ª causa de morte no mundo.
  • O número de suicidas homens é maior (9.4) do que o de mulheres (2.5).
  • O Rio Grande do Sul é o estado com maior número de casos – 10.18 por 100 mil habitantes. O Rio de Janeiro é o menor, com 1.39.
  • No mundo, cerca de 800 mil pessoas se suicidam por ano.

Para colaborar, qualquer pessoa pode iluminar ou identificar a fachada de uma casa ou prédio, promover passeio de motos com balões, fitas ou panos amarelos, caminhadas com camisetas amarelas ou outras ações que impactem a população.

Colabore com esse movimento a favor da vida.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Fê

Fernanda Queiroga mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça