De segunda a sexta, 8h30 na

teste teste teste
De olho no porquinho
Comportamento

De olho no porquinho

Dicas simples e práticas para você ter controle sobre o seu dinheiro

Por Sempre Bem

É quase impossível encontrar alguém que não tem ou nunca teve uma dívida, não é mesmo? Nos dias de hoje, quando o salário parece não render, é fácil encontrar pessoas com dificuldade de economizar e até mesmo controlar os gastos.

Mas, para quem anda preocupado com as economias, o Sempre Bem tem uma boa notícia: é possível se organizar financeiramente e chegar ao fim do mês com tranquilidade, basta adotar algumas dicas e cuidados básicos.

Separamos algumas dicas que vão ajudar a salvar o seu salário.


DICA Nº 1 – CONHEÇA SEUS HÁBITOS
É importante ter atenção aos seus hábitos de consumo e perceber padrões que costumam ser seus principais e mais recorrentes gastos, o que facilita seu planejamento.
Um bom controle de seu fluxo de caixa é o primeiro passo para evitar dívidas.


DICA Nº 2 – ANOTE TODOS OS GASTOS
Se você não tem gastos fixos definidos, como despesas domésticas, a melhor maneira de compreender seus hábitos é anotando tudo o que compra desde uma barra de chocolate a um sapato novo. Já existem alguns aplicativos para smartphones que dispõem de funções que fazem essa contabilidade, sendo que alguns deles também montam gráficos com essas informações a partir das categorias criadas por você. O Jimbo Mobile, Guiabolso e Minhas Economias são alguns exemplos de apps financeiros.

O importante é adequar o seu padrão de vida ao seu rendimento.


DICA Nº 3 – FAÇA UM PLANEJAMENTO
A prioridade deve ser sempre quitar dívidas e dar conta das despesas fixas. A partir disso, fica mais viável estabelecer objetivos relacionados ao estilo de vida.
É interessante que esse planejamento seja feito no papel, de modo que você possa internalizar essas informações, pois assim é mais fácil resistir às tentações e manter o foco sem gastar em nada que não seja realmente necessário naquele momento.


DICA Nº 4 – NÃO ATRASE AS CONTAS
As propostas dos cartões de crédito estão cada vez mais agressivas e tentadoras. Você começa aos poucos e quando menos espera está com cartões de diversos estabelecimentos e o pior: com limites bem generosos. Portanto, se você possui esse “dinheirinho de plástico”, fique atenta às taxas de juros caso você atrase o pagamento e a anuidade. O ideal é efetuar o pagamento no valor integral e nada de “pagar o mínimo”, isso só vai te afundar ainda mais nas dívidas.


DICA Nº 5 – CUIDADO COM EMPRÉSTIMOS
Os empréstimos nem sempre são a melhor opção, muitas vezes eles podem virar uma bola de neve. Os juros geralmente são altos e você acaba se prejudicando. Se você pensa nessa alternativa é importante que já tenha algum plano de pagamento para evitar transtornos posteriores.


DICA Nº 6 – ADOTE UM COFRINHO
A tática do velho e bom porquinho é válida. Se você tem uma renda fixa, o ideal é separar uma porcentagem do seu dinheiro para guardar em uma conta de poupança e servir como uma reserva para casos de emergência ou para cobrir gastos imprevistos. Investimentos financeiros também podem ser interessantes, porém para escolher a melhor opção, procure um profissional de sua confiança, de preferência alguém que não esteja vinculado à nenhuma instituição, como um planejador financeiro, por exemplo.
Se não quiser fazer transações bancárias, adote um cofrinho em casa e reserve essa grana. O importante é guardar e não gastar com coisas desnecessárias.
Especialistas aconselham que 50% do seu salário seja direcionado para despesas fixas, 30% para despesas de estilo de vida e 20% para investimentos.


DICA Nº 7 – PERGUNTE A VOCÊ: “EU REALMENTE PRECISO COMPRAR ISSO?
É importante saber o que realmente é necessário e o que você pode deixar para depois. Se a sua intenção é economizar, você precisa fazer escolhas na hora das compras. Evite parcelas prolongadas e altas. Na hora de correr para o shopping e fazer aquelas comprinhas “banais”, vale a pena o exercício de parar e se questionar se você realmente precisa comprar aquilo. Muitas vezes essas aquisições podem ser adiadas e isso fará uma grande diferença no seu orçamento.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Fê

Fernanda Queiroga mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça