Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Brincar é preciso!
Bem-Estar

Brincar é preciso!

Deixar seu filho se divertir é deixá-lo aprender

Por Sempre Bem

À medida que vamos crescendo, as brincadeiras, os momentos de diversão e lazer vão sendo reduzidos e substituídos pela realização de mais tarefas e compromissos. Nossa agenda de afazeres aumenta, as obrigações com os estudos e o trabalho ficam mais complexas e, em determinado momento, separamos apenas algumas horas do dia para descansar da forma menos agitada possível. Com uma rotina cada vez mais movimentada, desacelerar ao final do dia se torna necessário para muitos.

Devido a esse cotidiano, habituar as crianças com o maior número de atividades extracurriculares (fora do horário escolar) tem se tornado uma prática cada vez mais comum. Cursos de línguas, aulas de dança, de teatro, práticas de diferentes esportes: as alternativas são várias, mas os pais quase sempre encontram algo para os filhos fazerem quando não estão estudando. O que muitos não sabem é que deixar os pequenos brincarem também os ajuda a desenvolverem diversas habilidades.

Especialistas indicam que os pais devem sempre deixar um período em branco na rotina dos filhos, para que esse momento seja preenchido com brincadeiras e muita diversão. Pesquisas indicam que, nessas horas, as crianças assimilam informações e desenvolvem capacidades que serão úteis quando forem mais velhas. Se possível, os pais devem também compartilhar esse momento com os pequenos.

Confira abaixo alguns dos benefícios proporcionados pela brincadeira.

Criatividade

Quando as crianças brincam, é natural que elas misturem fantasia com realidade. A capacidade de interpretar eventos reais e juntá-los com situações imaginárias estimula a criatividade das crianças e esse fenômeno está associado a diversos outros benefícios, como capacidade de concentração, de resolução de problemas e raciocínio lógico.

Empatia

Ainda no faz de conta, as crianças são conhecidas por interpretarem papéis diferenciados quando brincam, assumindo profissões, idades diferentes, papéis sociais, dentre outros. Essa prática ajuda a criança a entender o mundo a partir de visões distintas e isso estimula o sentimento de empatia, que é se colocar no lugar do outro e compreender suas motivações, virtudes, defeitos e sonhos.

Socialização

Brincar com outras crianças ou até adultos faz os pequenos aprimorarem diversas habilidades que são necessárias no contato com a sociedade, como a comunicação e a cooperação. Essas capacidades são importantíssimas para o estímulo das inteligências inter e intrapessoais, responsáveis pela nossa reflexão dos mundos exterior e interior.

Superação

Nos momentos de brincadeira, as crianças passam por várias situações que podem ser frustrantes. Perder um jogo, machucar-se, conseguir algo ou até quebrar um brinquedo: todas essas experiências podem ser estressantes em algum nível. No entanto, é importante que elas vivam isso, pois aprendem a solucioná-las quando possível ou a simplesmente superá-las quando não há nada que possa ser feito. Sendo assim, as crianças amadurecem e desenvolvem equilíbrio emocional, sabendo lidar com situações difíceis quando se tornarem adultas.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça