fbpx

Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Normal, seca, oleosa ou mista?
Bem-Estar

Normal, seca, oleosa ou mista?

Conheça os tipos de pele, suas características e seus cuidados necessários

Por Sempre Bem

Conhecer profundamente o nosso tipo de pele é essencial para manter os cuidados corretos e acertar na escolha dos produtos. Segundo especialistas, há pelo menos 16 diferentes classificações, geralmente reunidas em quatro categorias distintas – normal, seca, oleosa e mista. No dia a dia, fica difícil distingui-las sem a ajuda de um bom profissional, pois elas vão desde o grau de hidratação, textura, sensibilidade até a pigmentação.

E para te dar uma mãozinha, a gente separou aqui as principais características de cada tipo de pele para você tentar identificar a sua.

Normal
Menos frequente dentre todos os tipos de pele, a pele normal tem textura saudável e aveludada. Além disso, possui elasticidade ideal e produz gordura natural em quantidade adequada. Normalmente, a pele normal apresenta um aspecto rosado, com poros pequenos e pouco visíveis, e é pouco propensa ao desenvolvimento de espinhas e manchas.
COMO CUIDAR?
Lave o rosto diariamente com sabonete neutro e prefira hidratantes sem óleo.

Seca
A perda de água em excesso caracteriza a pele seca, que normalmente tem poros poucos visíveis, pouca luminosidade e é mais propensa a descamação e vermelhidão. Esse tipo de pele também pode apresentar maior tendência ao aparecimento de pequenas rugas e fissuras. A pele seca pode ser causada por fatores genéticos e hormonais, e também por condições ambientais, como o tempo frio ou seco, o vento e a radiação ultravioleta. Banhos demorados e com água quente podem provocar ou contribuir para o ressecamento da pele.
COMO CUIDAR?
Fuja de produtos que contenham álcool, pois ele resseca ainda mais e deixa a pele áspera. Prefira hidratantes à base de Aloe vera, camomila, semente de uva, macadâmia e amêndoas.

Oleosa
A pele oleosa tem aspecto mais brilhante, úmido e espesso, por causa da produção de sebo maior do que o normal. Além da herança genética, contribuem para a oleosidade da pele fatores como alterações hormonais, excesso de sol, estresse e uma dieta rica em alimentos com alto teor de gordura. A pele oleosa apresenta os poros dilatados e maior tendência à formação de acne, cravos e espinhas.
COMO CUIDAR?
Use loções de limpeza neutras à base de extratos vegetais de hamamélis, calêndula, hortelã, cânfora e mentol, por exemplo, pois têm propriedades que ajudam a diminuir a inflamação da pele.

Mista
É o tipo de pele mais frequente, e apresenta aspecto oleoso e poros dilatados na “zona T” (testa, nariz e queixo) e seco nas bochechas e extremidades. A pele mista tem espessura mais fina, com tendência à descamação e ao surgimento de rugas finas e precoces.
COMO CUIDAR?
Por unir mais de uma característica, para esse tipo de pele use loções de limpeza na região mais oleosa, e hidratante no restante do rosto. Lembrando que, seja qual for o seu tipo de pele, é de extrema importância hidratar e usar o protetor solar. Ao contrário do que muitos pensam, a pele oleosa não dispensa hidratação, o segredo é escolher o produto correto. Procure o seu dermatologista para te ajudar nessa tarefa.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Por Sempre Bem

Comentários

Recomendamos

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça