Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
A fralda certa para o seu bebê
Bem-Estar

A fralda certa para o seu bebê

Entenda melhor os tipos de fraldas e as diferenças entre elas.

Por Sempre Bem

A fralda é, sem dúvida, o acessório mais importante do dia a dia do bebê. Afinal, é ela que vai manter o pequeno sempre protegido. Por isso, na hora de escolher a fraldinha ideal, as mamães precisam ter a certeza de que estão levando a melhor opção.

De acordo com o pediatra Marcos Cordeiro, “a fralda inadequada, no seu tamanho, no seu aspecto, na sua qualidade poderá gerar problemas de saúde para o bebê. E por isso essa escolha é fundamental”.

A qualidade do produto é essencial, mas o principal critério de escolha da fralda deve ser o tamanho. “Várias marcas estampam nas suas embalagens a faixa de peso para a qual aquela fralda foi produzida. E é bom que a gente se atenha a isto”, alerta o pediatra.

O pequeno Nicolas, de 1 ano e 3 meses, já usava fralda extragrande. Afinal, segundo a orgulhosa mamãe Graziela Oliveira, ele já estava bem crescidinho. Para escolher a fralda ideal para cada etapa, Graziela ficou bem atenta ao crescimento do filho.

O pediatra dá a dica: “Quando a marca põe ‘de 3 a 5 kg’, por exemplo, é lembrando que se o bebê está com 5 kg, o ideal é você migrar para a fralda seguinte”.

Pensando no tamanho, o mercado já disponibiliza, inclusive, as fraldas para recém-nascidos, mais adequadas para o uso logo no início da vida do bebê. Foi nessa época, quando Nicolas era recém-nascido, que Graziela escolheu a marca da fralda que ele usa até hoje.

Mas, ao contrário dela, muitas mães acham que devem trocar de marca em algum momento, o que pode ser um erro. Mas, independentemente da marca escolhida, o principal é optar por produtos que tenham o selo da Sociedade Brasileira de Pediatria.

“Uma fralda não pode conter os movimentos da criança. Ela não pode causar afastamento dos seus membros. Então, o volume dessas fraldas também é importante. E tudo isso é observado. Então, quando você tem o selo da Sociedade Brasileira de Pediatria, você tem um selo de garantia de que está comprando ali um produto que foi testado, averiguado, e que é adequado para o seu bebê”, reforça o pediatra.

Mas para que a fralda proteja bem o bebê, ela precisa ser trocada com frequência. Marcos Cordeiro tem algumas dicas: “Vai trocar a fralda do bebê? Põe a criança num local seguro e com tudo à sua mão: a pomadinha, a fralda que você vai usar, o cesto de lixo onde você vai jogar a fralda usada... O bebê deve estar limpo na hora de você repor a outra fralda. Limpou o bebê? Usou a pomadinha, a pomada para prevenção de assaduras. Ela também é muito importante nesse processo de proteção da pele do bebê”.

Está em dúvida se a fralda noturna é realmente eficiente para garantir o sono do bebê? O pediatra responde: “Ela tem uma capacidade de absorção bem maior. E como no período noturno, o diferencial é a quantidade de xixi que a criança faz, então, se você tem uma fralda que absorve mais, ela vai lhe permitir passar mais tempo”.

Lembre-se que o uso correto da fralda é a garantia da saúde do seu bebê. Por isso, se você ainda tem dúvidas sobre essa escolha, consulte o pediatra.

Por Sempre Bem

Comentários

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça