Aos domingos, 8h15 no

teste teste teste
Como escolher protetor solar para pele oleosa Foto: Joe Gardner
Beleza

Como escolher protetor solar para pele oleosa

Aprenda a escolher protetor solar para pele oleosa e garanta uma pele bonita e saudável com o produto certo

Por Sempre Bem

Cada tipo de pele tem suas particularidades e o caso da pele oleosa não poderia ser diferente, não é?! Para cuidar bem da sua, é bom saber que existem produtos com fórmulas específicas para cada um desses tipos. Pensando nisso, o Sempre Bem preparou este artigo com tudo o que você precisa saber para escolher protetor solar para pele oleosa.

Se você já deixou de usar protetor solar por acreditar que a textura do produto é pegajosa e vai aumentar o aspecto oleoso na sua pele, é importante saber que existem, sim, filtros solares desenvolvidos para as peles oleosas. O uso do filtro solar é obrigatório no dia a dia e a escolha do item correto é fundamental, pois, além de proteger dos raios UVA e UVB, alguns têm também a função de controlar a oleosidade.

O que são raios UVA e UVB?

O sol tem papel importante na preservação da saúde. É a partir dele que nosso corpo adquire a vitamina D, responsável pela absorção do cálcio pelo organismo. Mas, sem os cuidados devidos, ele pode se tornar um grande vilão para a pele. Mais conhecidos por ultravioleta A e ultravioleta B, os raios UVA e UVB são produzidos pelo sol.

Enquanto os raios UVB atingem a pele mais superficialmente e ocasionam queimaduras solares, vermelhidão e câncer de pele, os UVA são permanentes durante o dia e correspondem a cerca de 95% da radiação que atinge nosso corpo e o rosto. Além disso, eles são os principais causadores de envelhecimento acelerado, manchas solares, reações cutâneas, como alergias, e câncer de pele.

O FPS ideal

Você já se perguntou qual a importância do fator de proteção solar? Quando se trata de pele oleosa, é indispensável optar por filtros com, no mínimo, FPS 30. É que produtos com FPS menor não protegem o suficiente e permitem que os raios solares causem ressecamento. Como resposta, a pele produz mais óleo para compensar esse efeito ressecado, deixando a pele com brilho e aparência descuidada.

Oil free x oil control

Quando se tem pele oleosa, é necessário prestar bastante atenção na hora de escolher o protetor solar. Os melhores para esse tipo de pele são os que têm fórmulas oil free, que não tem óleos na composição, e oil control, que possui substâncias reguladoras do sebo produzido pelas glândulas sebáceas.

Ao aplicar o filtro solar com fórmula oil free, a pele não fica brilhante ou com aspecto oleoso, o que garante proteção sem agredir a pele. Já as fórmulas oil control contêm partículas

que absorvem a oleosidade produzida naturalmente ao longo do dia pelas glândulas sebáceas. Esse tipo de produto oferece cuidados ainda mais específicos, pois garante um acabamento matte ao minimizar o brilho e reduzir o aspecto oleoso.

Procure nos rótulos palavras como oil free, oil control, controle da oleosidade, efeito matte e toque seco. Também dê preferência a texturas mais fluidas, como gel-creme ou sérum.

Pele com acne

Outro problema da oleosidade é que ela deixa a pele mais propensa a acnes. Isso se torna ainda mais comum na adolescência, devido a alterações hormonais típicas dessa fase da vida. Funciona assim: os jovens passam a produzir mais testosterona, o que estimula a glândula sebácea a aumentar a oleosidade, tornando a ocorrência de espinhas mais frequente.

A escolha de um protetor solar inadequado pode agravar o quadro, pois uma fórmula mais densa pode obstruir os poros e estimular o aparecimento da acne.

De onde vem a oleosidade da pele?

A pele oleosa é resultante da alta produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Além disso, algumas rotinas impróprias podem resultar em prejuízos para a saúde da pele. Exposição excessiva ao sol sem o uso de filtro solar, usar água quente para lavar o rosto, falta de hidratação na pele, poluição, uso de produtos contraindicados e consumo de alimentos gordurosos são hábitos que devem ser evitados.

O clima quente do Brasil também é um dos fatores que podem ser responsáveis pela oleosidade na pele de mulheres e homens no nosso país. Claro que ainda devem ser considerados outros agentes, como herança genética, alterações hormonais, estresse, alimentação e os dermocosméticos utilizados no dia a dia.

Cuidados diários

Nunca é demais lembrar que o protetor solar deve ser aplicado diariamente, não é?! Mesmo em dias nublados ou em ambientes de luz artificial o produto não é dispensado. Isso se explica porque, embora os raios UVB sejam parcialmente filtrados pelas nuvens, os raios UVA atravessam nuvens e até mesmo vidros.

Para cuidar ainda melhor da pele oleosa, o ideal é fazer uso de géis de limpeza, hidratantes para pele oleosa, solução micelar, maquiagens e demais produtos também com fórmulas específicas. O uso diário dos produtos certos que vai garantir beleza e saúde para a sua pele e proteção contra o envelhecimento precoce. E, o mais importante, deixando de lado o medo piorar o problema da oleosidade.

Assuntos relacionados

Rotina de cuidados com a pele oleosa

Existe relação entre pele oleosa e cabelo oleoso?

Normal, seca, oleosa ou mista?



Fonte: Beleza Extraordinária | Dermaclub

Por Sempre Bem

Comentários

Recomendamos

Protetor Solar Facial Isdin Fusion Water Oil Control Fps 50+ 50ml Protetor Solar Expertise Toque Limpo Facial Fps70 50g Protetor Solar Dauf Facial Fps30 60g Roc Minesol Protetor Solar Oil Control Fps70 50g Normaderm Vichy Gel De Limpeza Profunda 60g Sabonete Nivea Gel Micelar Agua De Rosas 150ml Hidratante Facial Neutrogena Oil Free Fps 15 50ml

Cantinho da Bruna

Bruna Thedy mostra que uma produção não precisa de muito para fazer bonito.

Conheça